Metamorfoses Privadas é o primeiro livro do compositor do Anhangabahy, Rui Xavier.
 

São 48 contos que têm em comum o encontro entre o cotidiano e o bizarro, trazendo sempre o ponto de vista afetivo de um narrador em primeira pessoa que relata suas próprias experiências. Se trata de um livro bastante influenciado pela chamada “literatura fantástica”, escritores como os argentinos Jorge Luis Borges e Julio Cortázar, e também por Franz Kafka, uma forte referência para o autor.

 

Como escreveu o crítico Marcio Aquiles, por ocasião do lançamento do livro, “A coletânea de contos "Metamorfoses Privadas", da editora nVersos, evidencia a estética da transmutação como principal procedimento criativo de Rui Xavier”.
 

Finalmente, cada conto do livro tem uma ilustração correspondente feita pelo talentoso Renan Santos, ilustrações pensadas de maneira sequencial, como se o conjunto das ilustrações constituísse um “quadragésimo nono conto” do livro.

 

COMPRE AGORA ONLINE

Livro "Metamorfoses Privadas" - Rui Xavier

R$ 39,00Preço
  • Suspeita-se de que o mundo é caótico. Este é o sentimento que liga os 48 contos do livro Metamorfoses Privadas, escrito por Rui Xavier. Separados entre Depoimentos e confissões, Instruções de bem viver, Futuros hipotéticos, Saco de coisas e Segredos e intimidades, os contos são narrados em primeira pessoa e trabalham com os mundos fantásticos de cada ser. Em todas as histórias, o elemento comum é o surreal - sujeitos comuns cujas vidas são atravessadas por gigantes e seres mitológicos, mas algumas personagens elas mesmas fantásticas, que se duplicam ou jorram água das veias. Ou um ponto de vista inusitado e reflexões extravagantes a respeito de coisas tão banais quanto um buquê de flores.

    • Autor: Rui Xavier
    • Editora: Editora nVersos
    • Ano: 2012
    • Idioma: Português
    • Número de Páginas: 152 páginas
    • Gênero: Contos: Literatura Brasileira
    • ISBN-10 : 8564013517
    • ISBN-13 : 978-8564013513
    • Dimensões : 23.8 x 16 x 1 cm
    • Peso: 200g

    Indicado para quem gosta de Jorge Luis Borges, Julio Cortázar e Franz Kafka;