© 2016-2019 - Anhangabahy - São Paulo/SP - Todos os direitos reservados

por KW Comunicação

  • Deezer - Black Circle
  • Spotify - Black Circle
  • Apple Music - Black Circle
  • Google Play - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Anhangabaú (Não Passarão)

SAMBA-CANÇÃO

INTRO

--------4------------------------------------------------------------------------------------------------

--------5-----------------------------------------------------------------------------------------------

--------3-----------------------------------------------------------------------------------------------

-------------------------------------------------------------------------------6------------------------

--------4--------7------6--------------3--------4--------7-----------------------3--------

-----------------------------------4-----------------------------------------------4------------------

  C#m6                        Cº     D#º G#7

O Anhangabaú anda tão feio

  C#m6                     C#m7  F#7/A#  G#7               

A fonte ali no meio já secou

  C#m7         C#7               F#m7

A tanto tempo que eu nem me lembro

                         B/D#         C#m7  G#7(13-) G#7

De quando alguma água ali brotou

  C#m6                          Cº        D#º G#7

Coração seco é fonte de veneno

     D#m7(5-)      G#7(13-)   C#m6

Ninguém converte raiva em amor

  C#m6                     Cº      D#º G#7

Outro dia foi sete de setembro

       C#m6                                 C#m7  F#7/A#  G#7   

Quem tem sangue nas mãos comemorou

   C#m7               C#7          F#m7

O sangue ainda na veia está fervendo

                      B/D#         C#m7  G#7(13-) G#7

O sangue na calçada não secou

    C#m6                               Cº    D#º G#7

Um olho a menos não te deixa cego

     D#m7(5-)    G#7(13-)          C#m7 C#7

Em terra que ninguém nunca enxergou

                   F#m7    B7            E    Fº

Querem confundir liberdade e prisão

               F#m7 B7                E     Fº

Não passarão..........não passarã...ão!

                     F#m       B7                E    Fº

Querem transformar a tristeza em profissão

                 F#m7  B7            C#m6

Não vão passar..........não passarão!

                F#m7 B7                  E     Fº

Não vão passar..........não passarã....ão!

                 F#m7  B7            C#m6

Não vão passar..........não passarão!

Letra e Melodia: Rui Condeixa Xavier

Harmonia: Wady Issa Fernandes