• Deezer - Black Circle
  • Spotify - Black Circle
  • Apple Music - Black Circle
  • Google Play - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

© 2016-2019 - Anhangabahy - São Paulo/SP - Todos os direitos reservados

por KW Comunicação

Intervenção Militar

ROCK PROGRESSIVO

INTRO

-------------5------ 5-------5--------5------------5------ 5-------5--------------

---------------------------------------------------------------------------------------------------

---------------------------------------------------------------------------------------------------

---------------------------------------------------------------------------------------------------

--------0-------3-------2-------0------------0-------3-------2---------------------

----------------------------------------------------------------------------------------------------

(Am7/9) 4X

||: Am7/9 | C7M | Bm7(b5) | Am7/9 :||

Desperta a cobra que dorme

Ante ao chamado da guerra

De um sono nervoso e leve

Vê quanta terra ela move

Quando desliza sinistra

Entre os bairros e favelas

Todos conhecem suas listras

Todos sabem o nome dela

Todos sabem suas presas

O veneno que contém

Ai cobra de mil cabeças

Mata uma, nascem cem

Como um São Jorge matando

Pra sempre o mesmo Dragão

Como a razão prisioneira

Da mesma alucinação

Como a ferida que coça

E porque coça não sara

Mesma queda, mesmo erro

A mesma cobra criada

A mesma cobra criada

Mesma queda, mesmo erro

Como a ferida que coça
E porque coça não sara
Como a razão prisioneira

Da mesma alucinação

Como um São Jorge matando

Pra sempre o mesmo Dragão

Ai cobra de mil cabeças

Mata uma, nascem cem

Todos sabem suas presas

O veneno que contém

Todos conhecem suas listras

Todos sabem o nome dela

Quando desliza sinistra

Entre os bairros e favelas

Vê quanta terra ela move

De um sono nervoso e leve

​Ante ao chamado da guerra

Desperta a cobra que dorme

Letra e Melodia: Rui Condeixa Xavier

Harmonia: Wady Issa Fernandes